5 Jul 2018

The show must go on

GRANDE, GRANDE concerto ontem dos Queen. Que deliciosa viagem no tempo, emocional a espaços, especialmente quando Freddy apareceu nos écrans gigantes para cantar. Brutal, arrepiante, e pronto, confesso, não segurei umas lágrimas. Para quem cresceu a ouvir Queen, ver ali o Brian May e o Roger Taylor, pena o John Deacon ter abandonado a musica por completo, foi brutal. A magia está lá toda intacta. Adam Lambert não pode nunca ser Freddy, ninguém poderá nunca chegar perto, mas conseguiu ressuscitar a irreverência, os gestos e atitude provocatoria do Mercury, e teve duas interpretações finais incríveis, especialmente do Who Wants to leave forever e The Show must go on!

No comments: