14 May 2018

House hunting 8

Abriu a caça, e apetecia-me mesmo escrever isto sem cedilha, e começou da maneira habitual. Horas a pesquisar on-line, apartamentos caros, apartamentos baratos mas em más condições ou demasiado pequenos, apartamentos longe, apartamentos disponíveis na data errada, visitas agendadas e canceladas porque entretanto alguém chegou primeiro, apartamentos fantasma, ou seja apartamentos que só estão no website para atrair clientes, porque quando perguntas dizem-te logo que acabou de ser alugado, mas tem outros semelhantes, bla, bla. Isto é uma tormenta, dá cabo do sistema nervoso a um indivíduo. Quando me perguntam qual a pior coisa em Londres eu digo sempre, não é o clima, é o alojamento, isso sim, terrível.
Os apartamentos vagam uma semana e os senhorios querem quem entre no dia seguinte, se disseres que só podes entrar daqui a três semanas dizem que nao esperam. O problema é que se pesquisares apartamentos que estarão disponíveis para o mês que vem, não se encontram muitos. As imobiliárias não gostam de anunciar com tanta antecedência, gostam de colocar pressão nos interessados, se gosta tem de assinar já, porque se tens tempo vais obviamente procurar mais e em outras imobiliárias e eles não estão muito interessados nisso. Isto coloca uma pressão e um stress incrível para quem tem uma data para ficar com as tralhas na rua. Eu e o meu flamate tínhamos um apartamento que estávamos interessados, marcamos visita para amanha, ligaram-nos no sábado a dizer que já foi alugado. Odeio isto.
A pergunta habitual, continuas a partilhar casa? Porque não arranjas um apartamento só para ti? A resposta habitual: Pagar &1300 por mês? Mais council Tax (IMI), mais todas as contas sozinho? Não me apetece mesmo deitar fora todo esse dinheiro por mes. Doi!

1 comment:

Luz Maia said...

Força! Que corra bem!