5 May 2018

Favores em Cadeia


Favores em cadeia foi um daqueles filmes que me marcou. Da autoria de Mimi Leder, com Kevin Spacey, mas o verdadeiro show deste filme vem do desempenho do pequeno actor Joel Osment, conhecido pelo filme "O Sexto Sentido". Vejam este filme e resistam se puderem a não chorar que nem Madalenas no fim. Eu chorei, confesso, e fiquei mesmo impressionado por muito tempo com este filme que retrata a vida solitária de um professor de Estudos Sociais numa escola de bairro em LA , que na primeira aula desafia os seus alunos a fazerem um exercício fora do vulgar: mudar o mundo para melhor. Um dos alunos, (Joel Osment) vai ter uma ideia genial: através de uma espécie de jogo, cada vez que alguém recebe um favor, terá de retribuir o acto de benevolência a mais três pessoas, e assim sucessivamente até se formar uma enorme cadeia de boas acções. Vejam.
Bem, eu acredito fielmente em algo parecido, não lhe chamaria favores, mas gestos, pequenos gestos, e sem esperar nada em troca. Acredito que um pequeno gesto, um sorriso, dar prioridade a alguém, quem sabe não vai alterar o seu dia, não vai fazer com que essa pessoa se sinta também com vontade de retribuir a outros do mesmo modo e por aí fora. Pois, lá esta, utopia, "imagine" como cantava John Lennon, mas acredito nisso. Por exemplo quando entro num autocarro cumprimento o motorista, digo bom dia, digo obrigado, etc, e são muitas as vezes que reparo na sua surpresa e como me retribuem inúmeras vezes, outras vezes ignoram-me mas pronto. Dizem-me, eles fazem o seu trabalho, não tens de agradecer, mas eu digo, eu também sou pago para trabalhar e adoro que me tratem com delicadeza, me dizem obrigado, well done.
Quando alguém me trata com rudeza, tento retribuir com calma e não retribuir na mesma moeda, isso desarma os que procuram confrontos. Foi isso, e daí este post, que me aconteceu esta semana. Comprei no Ebay uma bicicleta para substituir a que me roubaram o ano passado. 27 libras. Sim, 27 libras. Quando ganhei o leilão apercebi-me que tinha cometido um erro e a bicicleta estava no Norte do Reino Unido, e a viagem de comboio p a ir buscar (era a condição de venda) custava cerca de 70 libras. Escrevi uma mensagem aos senhores a explicar o meu erro, que tinha licitado sem me aperceber do local, e ficou tudo esclarecido. No sábado, recebo um email do Ebay a dizer que os cavalheiros me tinham levantado uma acção de não pagamento e dando-me dois dias para pagar. Fiquei fulo, contactei-os de novo e a resposta dele(s) foi violenta, rude mesmo, dizendo que estavam cansados de gente a tentar estes golpes, bla, bla, bla. A minha primeira reacção foi responder a letra e dizer-lhes algumas coisas mas optei pelo oposto, respondi a dizer que obviamente assumia as minhas responsabilidades, que ia pagar a bicicleta mas que ficassem com ela, e pedi desculpas pelo incomodo causado. Paguei a bicicleta. No dia seguinte recebo um email do vendedor a dizer que reconhecia que não tinha sido educado, que achava que eu era um tipo honesto, que a vida é curta, e a perguntar se queria que me devolvesse o dinheiro ou me enviasse a bike por correio. Eu respondi, se me devolver, fique com 5 libras para beber uma pint pelo seu trabalho, se me enviar, diga-me quanto custa, se não for muito caro, eu pago. Resultado, já recebi a minha bicicleta numa caixa enorme. Perguntei-lhe quanto lhe devia pelo envio, e ele respondeu-me "Não é nada, é para compensar eu ter sido rude, faça algo bom a alguém em troca".
E esta heim? O envio da bicicleta por correio deve ter ficado quase o mesmo preço porque ele a vendeu. Valeu a pena ter respondido com gentileza! Gentileza em cadeia!

1 comment:

Luz Maia said...

Em muito bom estado! Boa compra! Bons passeios!