3 Oct 2017

so little British

Algumas pessoas mostraram-se algo surpreendidas com a descrição que fiz no meu ultimo post dos ingleses. Para quem não vive em Inglaterra, isto pode ser uma surpresa, mas os que cá vivem nem por isso. Nós em Portugal temos uma ideia, moldada pelas series da BBC, dos ingleses "British",  sinónimo de classe e educação mas que assim que chegamos vemos que não corresponde bem à realidade. Há sim, uma classe de "educados" e mais favorecidos e a geração acima dos 50s muitíssimo educada mas essa é uma espécie em vias de extinção neste País, o resto nada tem a ver com isso, basta passar à porta dos Pub em dias de futebol ou mesmo ver como se comportam os miúdos pelas ruas, nos autocarros a ouvir música alto nos seus telemóveis, provocadores, prontos a ofender quem se atreve a pedir que baixem o som. Ver quantos não entram nos autocarros sem pagar, originando uma série de discussões com os motoristas, recusando-se a sair, etc. Isto não me contaram, eu já presenciei inúmeras vezes. Ontem, duas miúdas fizeram sinal ao autocarro que já ia a partir, o motorista voltou a parar, abriu as portas de novo e ficou à espera das duas damas na risota que entraram nas calmas sem sequer olhar o motorista e agradecer. Fiquei a olhar para aquela educação. Vejam as series de Cops na TV e vejam como esta malta ofende a polícia sem qualquer receio ou respeito, este Pais tem um sério problema de educação e ainda não se apercebeu disso. Eu próprio já fui molestado por dois miúdos que me seguiram de bicicleta, chamando-me nomes, pontapeando a minha bicicleta quase provocando um acidente grave para mim, isto durante largos minutos em via publica em plena hora do dia, sem que ninguém tenha feito ou dito nada. Fui à Polícia que reconheceu o problema destes gangs de miúdos mas para além de palavras bonitas nada quiseram fazer nem sequer olhar as CCTV. 
Um dia, ia no metro com o meu anterior flatmate, quando entra uma senhora, eu levanto-me e dou-lhe meu lugar. Ela olha para mim surpreendida e pergunta-me a rir se lhe dou o lugar por ser velha, eu digo que não mas por ser uma senhora e não me sinto bem comigo mesmo vendo uma senhora em frente a mim em pé e eu sentado. Ela agradeceu imenso, sentou-se, virou-se para o meu flatmate e diz-lhe "É tão educado. De onde é ele?" ele responde, "é Português", e ela diz "Ah, eu logo vi que não era inglês"! Ora toma!

No comments: