12 Oct 2016

E vão dois


O meu colega do lado recebeu hoje a "notice". Para a semana vai embora. Mais um projecto que parou.
Se não acontece um milagre, sei quem é o proximo!
Obrigado Boris Johnson, Teresa May e companhia. Adoro-vos!

4 comments:

JCS said...

Not funny, not interesting, not cool... :(

Anonymous said...

Estava ontem a ler sobre a desvalorização da Libra e a pensar que apesar de prejudicar os consumidores e empresas produtoras (que recorrem a matérias primas estrangeiras), mas que beneficiava as empresas exportadoras e as empresas de prestação de serviços (também "exportáveis").
A empresa onde o Jonatas trabalha não faz projetos para empresas estrangeiras? Ou apesar de fazer, o mercado Inglês tem muito peso no total?
Porque o que faria sentido seria as grandes empresas que operam em mercados como alguns países asiáticos ou os exportadores de petróleo, onde há dinheiro mas não há matéria prima intelectual qualificada, deveriam estar a relocalizar todos os projetos para onde a mão de obra qualificada está a baixar de preço (via câmbio).

Desculpe o testamento.

Muita força, saúde, sorte e que nunca perca a vontade de partilhar as suas magnificas histórias e fotos.

Miguel F.

Jonatas Moutinho said...

Obrigado Miguel.
Nao, a minha empresa trabalha neste momento exclusivamente para o mercado ingles, mas com investimento estrangeiro na sua maioria. Com a incerteza sobre o futuro desta economia os investidores estao a travar todos os projectos.

Cumprimentos

Anonymous said...

Sr Jonatas, agradeço a resposta.

Pois esse é mesmo o pior cenário.
Nesse caso apenas conseguem virar a situação mudando o tipo de cliente para quem trabalham, o departamento comercial (e marketing) deverá "virar-se para fora".
Ainda assim, pelo que aqui tenho lido e visto aqui no blog, acredito que com o talento que tem, em caso de necessidade, não lhe faltarão empresas interessadas nos seus préstimos.

Cumprimentos,
Miguel F.