9 Jul 2016

Herois


Viajava da Baia dos Porcos em direcção a Havana. Um dia abrasador, 35°, mais de 70% de humidade que nos "esmaga". Na berma da estrada começámos a encontrar centenas de sacos alinhados e perguntei ao motorista do táxi o que era. Explicou que eram sacos de arroz. Mais a frente, vimos então um grupo de homens que recolhia o arroz ali espalhado de madrugada, para ser recolhido ao fim do dia, seco. Um trabalho que só de ver fazia impressão. Fiquei sem palavras ao ver este senhor já de idade a trabalhar naquelas condições. Senti respeito, um imenso respeito por esta gente. Herois.

No comments: