2 Jun 2011

Lund - Suecia


Lund é uma pequena cidade a norte de Malmo. É uma cidade universitária e de artistas, muito pacata com as suas tradicionais casinhas de bonecas. Muito bonita, não fosse o tempo chuvoso que não me permitiu tirar muitas fotografias nem passear tanto como gostaria.
Aqui, a situação mais desconfortavel das férias. Na estação de comboios de Malmo comprei um bilhete ida-e-volta para Lund e lá fui. No regresso, a revisora no comboio olha o meu bilhete e diz qualquer coisa em Sueco. “Desculpe?” digo em Inglês, e ela muda para inglês “Você não tem bilhete.” “Como? Eu comprei bilhete ida e volta” “Não, diz a senhora com um ar absolutamente enfastiado. Este é um bilhete só de ida”. Com toda a gente na carruagem nesta altura já a olhar para mim ela continua. “Não vê que aqui diz só diz Malmo-Lund?”. “Desculpe, está muita coisa escrita neste bilhete, mas eu não entendo Sueco, como posso saber se não está escrito Return Ticket? Eu comprei ida-e-volta e paguei como isso!”.
Bem, já me estava a passar com a situação e já estava pronto para tudo, menos peixeirada, mas digo-lhe: “Não é minha culpa se me dão um bilhete errado”.
Bem, a senhora, pediu-me o bilhete, escreveu qualquer coisa nele e mandou-me ir a estação quando chegasse a Malmo. Ao meu lado, uma senhora diz-me “As minhas desculpas pelo meu país. Sinto-me envergonhada pela situação que lhe estão a criar. Não existem bilhetes de ida e volta para estes comboios, mas você não é obrigado a saber. Você foi à estação, comprou bilhete, não tentou entrar no comboio sem pagar. Eles cometeram um erro, não você. Espero que isto na afecte a imagem que leva da Suécia!” Bem, esta simpatia fez esquecer o episódio e viemos o resto da viagem na conversa. Pedi-lhe que me dissesse o que a revisora escreveu no bilhete e soube que ela escreveu “Isto não é um return ticket”. Vim então a saber, que paguei demais para um single ticket mas a menos para um return, portanto quando cheguei decidi não ir à bilheteira e sair de mansinho. Ainda acabava por ter de pagar o excesso, por isso era melhor ficar quietinho!

2 comments:

cadu1981 said...

A senhora ao teu lado foi tão simpatica que o minimo que podias ter feito era ir a estação comprar o bilhete!!!

Bruno Seixas said...

Situação chata mas gostei da última parte ehehe